Cantigas

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

De guilhotinas e plebeus



Gueto é, por si só, uma distorção social. 

Significa que uma sociedade é tão desigual que isola 

pessoas em espaços confinados a valores que 

demandam lutas homéricas para se afirmarem. 

A violência e a agressividade são valores que podem 

estar presentes em qualquer lugar. 

Não são interessantes para quem pensa um mundo 

menos desigual e injusto. 

Seja qual for o olhar, as periferias não devem ser 

confundidas com lugares em que "príncipes de guetos" 

possam estimular ações simbólicas ou materiais que 

vão se voltar exatamente contra as próprias pessoas 

destes espaços sociais. 

Neste debate, o embate corpo a corpo não fica para os 

"príncipes". 

Como sempre, atinge os mais simples e desprotegidos 

plebeus...

A guilhotina procura os pescoços precisamente.

Nenhum comentário:

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página