Cantigas

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Peixinho de Touro: Ursinho de Mim!


Peixinho: deixa eu te ver?
Um Peixe de Touro caiu do Céu.
De lá, de onde vêm cantigas que costumo entoar, um peixe desceu...
Iemanjá só se vê Mar!
E eu estou em um barulho silencioso de minha Mãe...
Ela disse-me assim
Eu morava na areia, Sereia
aprendi a namorar...

Peixinho, deixa eu te tocar?
Meu amor, quando me beija,
o mundo revira, volta e quantas noites: assim eu durmo.
Ursinho de pele macia: claridade num aconchego
que me guia.
E o peixe ainda transmuta!
E eu? Aqui e com o Peixe.

Peixinho, deixa eu te ter?
Saudade, palavra triste que nem sabia mais direito
o que era...
Vontade: palavra de mim que ecoa nas bolhinhas do mar de céu de onde veio o peixinho.
Desejo e necessidade: eu beijo!

Peixinho: deixa eu ir com você?

Nenhum comentário:

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Total de visualizações de página